Ano Novo, Vida Nova. Depois do Natal e das festas de Fim de Ano, eis que é chegado um novo ano, época em que a maior parte de nós estabelece novas metas, envolvidas de desejos e promessas, para um ano melhor. Depois dos excessos desta época festiva e com a entrada de um novo ano, algumas das metas de Ano Novo mais comuns são “perder peso” ou “ser mais saudável” e para isso “fazer dieta” e “começar a fazer exercício físico” são, sem dúvida, as promessas mais aclamadas.

Mas o que significa fazer dieta? Quantas dietas já começou e quantas delas falharam? Quando falamos em dieta, frequentemente, atribuímos-lhe uma conotação negativa. “Comer menos, passar fome, contar calorias, restrição, sacrifício…”. Em quantas “dietas” já ouviu falar? “Dieta da sopa, do abacaxi, dieta low carb, detox, cortar isto e aquilo…”. Mas será esta a verdadeira solução? Não será… por muito tempo. Este é o motivo do insucesso das “dietas”. O excesso de peso é, na maioria das vezes, resultado dos nossos hábitos alimentares e sedentários de uma vida inteira. Como podemos querer num curto espaço de tempo obter resultados milagrosos? Quando alguma dieta lhe prometer resultados rápidos e milagrosos, desconfie! Para além de pôr a sua saúde em causa, os resultados não serão duradouros. Ninguém consegue manter uma dieta restritiva por muito tempo, assim como os seus “resultados”.

Ao invés de procurar uma nova dieta “milagrosa” ou decidir “cortar” em tudo, começe por eliminar o termo dieta do seu vocabulário e pense na sua meta de ano novo, como algo positivo: “reeducação alimentar“ ou “aquisição de hábitos alimentares mais saudáveis”. Procure um Nutricionista, o profissional que o/a pode ajudar a estabelecer objetivos e um plano alimentar adequado às suas necessidades nutricionais. O Nutricionista, ajuda-o/a a iniciar todo o processo. Este processo começa nas suas verdadeiras motivações. Já pensou na origem da palavra “Motivação”? Motivo-ação. Em primeiro lugar, encontre os seus verdadeiros motivos, o porquê de querer perder peso ou ser mais saudável. Foque-se e reflita neles. Depois, juntamente com o Nutricionista, estabeleça os seus objetivos – quanto peso? Em quanto tempo? – concretize o mais possível o que pretende. Finalmente, em conjunto, é fundamental, estabelecer as ações a realizar para os concretizar. Ações realistas, para que possa criar um compromisso vitalício consigo mesmo/a!

Neste novo ano, desafie-se a perder peso de forma saudável e equilibrada, re-adapte a sua alimentação e melhore a sua relação com a comida. Encontre o seu equilíbrio e desenvolva hábitos alimentares saudáveis que seja capaz de manter ao longo da sua vida. Ao contrário do que muitos pensam, perder peso ou “comer saudável”, não tem que ser um sacrifício! E sim, pode perder peso, comendo.. bem!! Sem culpas!