O envelhecimento é um processo que leva o ser-humano a sofrer mudanças em diversos aspetos, bio e psicossociais. A atividade física pode alterar de uma forma positiva todos estes aspetos. Vários estudos têm vindo a provar que a prática de exercício previne e/ou retarda muitos fatores que são agravados com o passar dos anos.

Contudo, o treino de força, com máquinas ou pesos livres tem vindo a demonstrar benefícios quer ao nível das adaptacões neurais, funcionalidade (mais massa muscular e menos massa gorda, logo mais autonomia), adaptações fisiológicas, mais mobilidade e auto-estima.

Para além de todos estes benefícios, o treino de força tem demonstrado melhorias significativas em idosos com problemas, tais como: osteoporose, doenças cardio-vasculares, diabetes, artrite, entre outras.